sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

CTT em Portugal prestam homenagem a Cânone de Avicena


CTT celebram 1000 anos do conhecido filósofo e cientista.
Os CTT Correios de Portugal lançaram uma emissão filatélica que comemora o milénio decorrido desde que o filósofo, cientista e médico muçulmano Avicena, começou a escrever o “Cânone da Medicina”, conhecida obra que estudava como poucas até então, o corpo humano e questões gerais de saúde, bem como diversas patologias.

Avicena nasceu em 980, no que é hoje o Uzbequistão. Desde cedo que revelou apetências invulgares sobretudo no campo da ciência e filosofia. Conhecedor da obra de Aristóteles e Galego desenvolveu os conceitos como “possível”, “necessário”, “essência” e “existência”, conceitos estes que se para os dias de hoje são relativamente conhecidos, na altura tiveram bastante impacto na filosofia ocidental.
O “Cânone da Medicina”  homenageado pelos CTT foi regularmente usado não só no Oriente, mas também no Ocidente, influenciando até ao Séc. XII, muitos daqueles que se dedicaram ao estudo da Medicina. Actualmente contém informações úteis sobre variadas questões, demonstrando assim a sua importância para o desenvolvimento das ciências médicas. A obra de Avicena estende-se para além da Medicina, tendo este escrito ainda sobre lógica, matemática, biologia, física, astronomia, metafísica, entre outras ciências.
Desta maneira os CTT esperam assim não só comemorar esta data, mas também ajudar na divulgação do trabalho e da obra de Avicena emitindo para tal 140 000 selos e 50 000 blocos filatélicos. O selo, que terá um formato de 30,6 x 40 mm, terá um valor facial de 1,70€, enquanto que o bloco, que terá um formato de 125 x 95 mm, poderá ser adquirido por 3,30€. Para esta emissão filatélica, as ilustrações estiveram a cargo de Francisco Possolo. Os CTT gostariam ainda de agradecer a Catarina Belo pelo seu trabalho.